terça-feira, 30 de novembro de 2010

Com a corda no pescoço


Imagem por: ~Makotis
Eu sei o meu destino
Eu sei o que irei fazer
E quanto encontrar-me com a corda
Sei que meu destino é morrer

Não ha luz no fim do túnel
Você sabe disso
Mas se você continua entrando
Então é por isso

Você continua marchando
Rumo ao mar
Mesmo que seus pés sangrem
Você quer se afogar

Encha o peito e mergulhe
Até não encontrar mais nada
Só depois de atravessar o túnel
Verás que a vida não vale nada

Nenhum comentário:

Postar um comentário