quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Esquizofrenia Poética


Imagem por: ~pazonik
Vou explodir a qualquer momento
Explosão de ódio e sofrimento
Sou só mais um coração acabado
Morto, apodrecido e esquartejado

Venham, cuspam em meu caixão
Falem palavras de baixo calão
Destruam o meu maldito funeral
Tratem-me como um pobre animal

Nada pode deter a bomba em meu peito
Mesmo que me amarrem em meu leito
Culpem essa esquizofrenia poética
Que rompe as paredes da ética

Nenhum comentário:

Postar um comentário