terça-feira, 29 de novembro de 2011

Malditas Memórias

Imagem por: ~nailass

A noite cai e junto vem à mente
Memórias que me doem no peito
Porque a tristeza do homem está em lembrar

Salve aquele que apaga suas memórias
Como quem apaga a caixa de e-mails!
Privando-se assim das dores emocionais
Que doem infinitamente mais que qualquer membro decepado
Ou outra qualquer dor física insana.

Pois as dores emocionais ficam nas lembranças
E doem do nascimento até a morte
Sem nenhum sedativo que não seja o fim da existência
Do homo sapiens dolorido.

Por: Lima Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário