sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

A minha última aula

Hoje foi o meu último dia de aula no colégio. Esse futuro incerto de universitário me consome em uma profunda depressão, a ânsia e o medo de uma nova vida percorrem minhas veias mais que o meu próprio sangue. Sentirei saudades dos professores engraçados, amigáveis e até mesmo dos mais carrancudos e sonolentos. Também sentirei saudades da biblioteca, apesar de raramente alugar algum livro pela simples falta de vontade que me leva ao arrependimento máximo. Sentirei falta dos meus colegas, apesar de jamais ter falado com vários, no máximo conversado algumas palavras, mas que serviram para a formação da minha vida. Dos grandes amigos que agora não sei se irei vê-los com ao menos a metade da frequência que os via durante a escola, pois cada um seguirá o seu rumo e, mesmo a amizade mais forte, sofre com a distância; não acaba, mas sofre e muito.

Mas o que me fará mais falta será de mim mesmo. Sim, pois a cada ano eu mudo, sou um novo ser, homo sapiens mutabilis como todos os outros. E nesse último ano de colegial eu fui mais feliz, um ser mais humano e mais poético. Amei, sorri, brinquei e me diverti. Ao menos fingi isso tudo, guardando minhas lástimas apenas para mim nos momentos de solidão total, que apesar de durarem bastante tempo, foram apagados pelas pequenas e boas lembranças.

Obrigado a todos que me fizeram ser cada dia mais eu mesmo, que me fizeram ver que valeu a pena viver esses 365 dias do ano como se fossem apenas um, e que me fizeram ver que o grande desafio não é o vestibular, mas ser feliz.


Por: Lima Júnior

2 comentários:

  1. Com o tempo vc se acostuma às mudanças que a vida apresenta. Quando menos esperamos, já passou, já crescemos e somos outros. Essa passagem é só mais uma que a vida lhe reserva. Muito por vir, por viver. Enjoy it.

    ResponderExcluir
  2. Cara, não tenho palavras. Muito boa mesmo esta tua prosa-poética. O último parágrafo estrofe é simplesmente sublime. Não existe outra denominação. Vou pedir permissão pra usar a última frase. " O desafio não é o vestibular, mas ser feliz!. Não se procupe que quando eu usar, vou citar vc! huehuhauahuahue

    ResponderExcluir