segunda-feira, 20 de junho de 2011

Versos Luciferinos


Imagem por: ~MrWizard44

Em qual deus devo acreditar?
Quanto sangue mais eles irão derramar?
Quero andar de mãos dadas com qualquer entidade
Buscar, junto a elas, a minha real identidade
Abraçarei Lúcifer, jogarei damas com Jesus
Não importa se a sociedade quiser me jogar na cruz

Faz o que tu queres, há de ser tudo da lei
Aleister Crowley foi incompreendido, eu sei
Assim como Jesus Cristo foi pelos romanos
E hoje ignorado pelos amigos muçulmanos
Somos todos iguais, diferentes apenas no nome
(No profeta, no dinheiro, na raça, na fome)

Não queime a bíblia, amigo ateu
O ódio que em ti desperta, também é meu
Mas se tu oprimes a opinião dos demais
Tu és tão cristão quanto o outro, ou até mais!
Sempre a achar que estamos sempre certos
Os homens não passam de animais incertos

Por: Lima Júnior (Lorde Édito)

domingo, 12 de junho de 2011

A face da depressão


Imagem por: *Anuk

Todos os dias minha face eu ofereço
Para a sociedade me espancar
Esse é o lema de quem não tem apreço
Por nada; um simples ser a respirar

Fico aqui sozinho com meus poemas
Gastando os oxigênios do ambiente
Para criar alguns textos com temas
Que corroem e estupram a minha mente

Eu digo "foda se" para todos
Pois é o que todos dizem para mim
Não estou nem aí para os bons modos

Ninguém nunca está quando o dia é ruim
Mas dias ruins viraram a minha rotina
Assim como gozar é para as putas da esquina

Por: Lima Júnior (Lorde Édito)

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Lisérgico


Imagem por: ~mauroforcadell

É tarde! O garoto percebe que as paredes escurecem com um lodo verde-escuro materializando-se no lugar da tinta. Ele sente o sangue sair por difusão dos seus pulsos, formando rostos no ar, cujos quais ecoavam risos que soavam como música. Sentia o cheiro das suas hemácias em processo de hemólise. O despertador tocou. Acabou a morfina.


Por: Lima Júnior (Lorde Édito)

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Meus melhores amigos


Imagem por: ~isnevertimeatall

Meus melhores amigos são aqueles
Que me seguem no caixão
Que comerão as minhas peles
E banhar-se-ão no meu coração

É claro que falo deles - os vermes
Aqueles que destroem a minha face
Aqueles que corroem minhas epidermes
Os únicos à quem digo "Me abrace!"

Recorro ao meu sarcófago
Nos momentos mais fatais
Para me tornar um só

Como eles, serei necrófago
Provarei dos animais
Assim como provaram do meu pó


Por: Lima Júnior (Lorde Édito)

sábado, 4 de junho de 2011

Ligação Comedrosa


Imagem por: ~filipeaotn

São dois átomos iguais
Tão iguais que se repelem
Mas quem sabe um dia
Eles irão se esbarrar na nuvem eletrônica
E serão felizes para sempre
Enquanto durarem os estoques


Por: Lima Júnior (Lorde Édito)

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Quimera Vida


Imagem por: ~Yumeragi-chan

Este garoto cresceu e precisa de um novo corpo.
Acorda! Que este lorde já não é mais o mesmo...
Cada segundo é uma nova vida
E os meus alvéolos não estão cansados de viver

Então tosse! Que a cada escarro que dou eu mato
O passado de um Édito esquizofrênico
E dou espaço para um novo oxigênio
Cheio de vida nova

Que estes radicais livres são naturais
De uma entalpia normal de se viver
Quem dera que eu fosse todo dia uma nova quimera
Nesse jardim chamado cotidiano


Por: Lima Júnior (Lorde Édito)