quinta-feira, 19 de abril de 2012

Piripaques de Amor

Imagem por: ~PastelPunk

Quero que você não me solte
E que venha quando eu disser volte
Caso contrário, terei um piripaque
Me pegue, antes que eu te ataque

Seja somente minha nesta madrugada
Eu serei seu amante e você minha amada
Dois corpos em uma única alma
Eu sou tempestade e você minha calma

Pequeno Romeu atrás da sua Julieta
Que escreve outro nome na caderneta
São apenas nomes, simples bobagem
Eu quero é o carro, não a garagem

Quero os teus beijos, o teu olhar
A tua fama de saber como me amar
O tem dom de seduzir o poeta em mim
Sem me importar com início, meio ou fim

Por: Lima Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário